home

Alunos participam de formação inaciana na Colômbia

Alunos do Colégio Antônio Vieira participaram do curso de formação inaciana Taller Internacional Arupe IV, entre os dias 23 de maio e 7 de junho.  Ao longo dos 15 dias, os alunos do Ensino Médio Vanessa Fróes, Beatriz Carneiro, Lucas Rodrigues e Raul Nascimento, tiveram experiências de espiritualidade, de imersão em comunidades e de síntese das vivências acumuladas no período.

Os jovens foram acompanhados pela pastoralista do Sorpa (Serviço de Orientação Religiosa e Pastoral), Gilmara Ferreira.  Ela explicou que o curso consiste na formação de lideranças inacianas, voltado para alunos de colégios jesuítas, que estão nos dois últimos anos da formação. “O Taller tem a modalidade oficina, fazendo atividades de vivência, que proporcionam uma ampla reflexão, fundamentada na espiritualidade e pedagogia inaciana”, destacou.

Gilmara contou que, nos primeiros dias, os alunos ficaram reunidos em um sítio, onde foi possível trabalhar várias temáticas na teoria e na prática. “A partir daí eles tiveram outros quatro dias em uma imersão social em comunidades carentes do interior da Colômbia. Cada um de nós foi para uma missão diferente. Posteriormente, retornamos à capital (Bogotá) para o encerramento. O meu sentimento é de agradecimento pelo Vieira ter confiado a mim essa missão. Foi algo que me fez estar ainda mais conectada à espiritualidade inaciana e conhecer a cultura desse país também foi muito enriquecedor”, afirmou.

Os quatro alunos apontaram a experiência como algo transformador. “Foi inesquecível, porque eu pude aprender, internalizar e vivenciar tudo aquilo pessoalmente. O Taller me fez crescer muito como pessoa”, afirmou a aluna Beatriz Carneiro. O mesmo sentimento é compartilhado pele colega Vanessa Fróes. “A gente não tem noção do que realmente está por vir. O curso foi muito engrandecedor para todos nós e a dimensão de tudo a gente só sentiu a partir do que pudemos vivenciar durante o período”, acrescentou.

Para Lucas Rodrigues, o Taller proporcionou uma mistura de sentimentos. “Nós aprendemos lições que vamos levar para as nossas vidas. O curso fez com que tivéssemos a oportunidade de refletir como pessoas e sobre a nossa espiritualidade”, revelou. A inserção nas comunidades marcou a experiência para Raul Nascimento. “Mudou muito a minha vida. Foi algo único, pois fomos inseridos em um contexto totalmente novo, passando por situações que testaram a nossa fé e a nossa resistência”, concluiu. 

Fonte| Colégio Antônio Vieira

Compartilhe

Últimas notícias