home

Jesuíta recebe prêmio na Índia

Um grupo de cinéfilos em Mumbai premiou um jesuíta canadense de 77 anos de idade, como “um pioneiro da academia de filme na Índia.” A Bimal Roy Memorial & Film Society concedeu o a homenagem ao Padre Gaston Roberge, que com a ajuda de Satyajit Ray, decano do cinema indiano, deu início a Chitrabani, um Centro de Comunicação Social, em Kolkata, a partir de 1970. O Padre Roberge foi Diretor do Centro por 26 anos, até 1996.

A motivação do prêmio se dá pelo reconhecimento por ter fundado Chitrabani, uma instituição única no setor e, assim, tornou-se um dos pioneiros do cinema indiano.

Além de fundar Chitrabani, Padre Roberge deu início ao Educational Media Research Center (EMRC), no St. Xavier College da Companhia de Jesus em Calcutá, o qual liderou até 1996. Depois de três anos como Secretário Executivo do Centro de Comunicação Social da Companhia de Jesus, em Roma, ele voltou para a Índia como Diretor do Departamento de Comunicação do St. Xavier College, em Calcutá, até 2001. Autor de 15 livros sobre cinema e comunicação, Padre Roberge é, ainda hoje, um membro do Departamento.

O Bimal Roy Memorial & Film Society foi fundado em 1997 para promover o cinema na Índia e manter viva a memória do famoso produtor de cinema Bimal Roy (1909-1966), reconhecido como o professor que deu vida ao período de ouro do cinema indiano nos anos 40 do século passado. 

Fonte: Cúria

Compartilhe

Últimas notícias