home

Reitor da PUC-Rio, Pe. Anderson Pedroso, SJ, participa da COP28

No terceiro dia da 28ª Conferência das Partes, conhecida como COP28, o reitor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Pe. Anderson Antonio Pedroso, SJ, marcou presença em um painel que discutiu os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e as estratégias tanto do Brasil quanto da cooperação internacional.

O reitor acompanhou a secretária do Vaticano para América Latina, Emilce Cuda. Na ocasião, foi abordada a agenda socioambiental e o olhar voltado para a preservação da Amazônia, em especial, liderados pelo Papa Francisco.

Diversas figuras importantes estiveram presentes no painel, incluindo Janja Lula da Silva, primeira-dama; Alexandre Silveira,  ministro de Minas e Energia; Márcio Macedo, ministro da Secretaria-Geral da Presidência; o embaixador André Corrêa do Lago, do Ministério das Relações Exteriores; Enio Verri, diretor-geral brasileiro de Itaipu; Ilona Szabó, presidente do Instituto Igarapé.

A participação do Pe. Anderson na COP28 está alinhada ao projeto Amazonizar da universidade. A PUC-Rio tem se comprometido frequentemente com questões ambientais, destacando iniciativas como o projeto Amazonizar e o Vale da Gávea.

“Participar da COP28 tem sido um grande aprendizado. Uma experiência de diálogo entre as diferentes nações. Mas também de negociações nem sempre fáceis, mas necessárias e urgentes diante da mudança climática que já não tem ponto de retorno. Não podemos mais falar somente em mitigar os efeitos da destruição do meio ambiente. É preciso decidir sobre políticas socioambientais efetivas, que não se esqueçam das populações mais vulneráveis – que são as que mais sofrem, como sempre nos lembra o Papa Francisco. A dimensão da fé é fundamental: segundo estudos somente 16% da população mundial não tem um tipo de adesão religiosa. Isso significa que há em torno de 6 bilhões de pessoas compartilham a pertença a algum tipo de fé. Isso é uma potencia de conscientização incrível que precisa ser colocada à favor da proteção e nossa casa comum”, afirmou Pe. Anderson.

Compartilhe

Últimas notícias