home

18 de maio movimenta Fé e Alegria por todo o país em defesa de crianças e adolescentes

Caminhadas, atos em praça pública, atividades em conjunto com a rede de assistência social dos territórios, rodas de conversa, produção de exposições, cartazes e outros materiais com o objetivo de sensibilização e muito mais. Essas foram apenas algumas das ações dos centros de Fé e Alegria para lembrar do 18 de Maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data instituída pela Lei Federal 9.970/00.

Para a Fundação Fé e Alegria, este é um marco para lembrar da importância do olhar atento e cuidadoso aos mais vulneráveis. Todo o trabalho realizado este mês para chamar a atenção de atendidos, colaboradores, comunidades e sociedade em geral a respeito do tema é ainda mais fortalecido com as Comissões do Cuidado, equipes dedicadas à segurança de nossas crianças e nossos adolescentes, que vêm sendo formadas e consolidadas nos centros sociais e educativos da Fundação, presentes em 14 estados brasileiros.

A cultura do cuidado deve ser um compromisso de todos nós, cidadãos e cidadãs, para que essa parcela importante da população, que representa nosso futuro, cresça em segurança e feliz. A campanha Faça Bonito, promovida pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e a Rede ECPAT Brasil, em parceria às Redes Nacionais de Defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, é uma forma de lembrar dessa luta. 

Confira abaixo as ações realizadas este mês pelos nossos centros. E lembre-se: a culpa nunca é da vítima! 

Tocantínia (TO)

O Centro Fé e Alegria Frei Antônio, em Tocantínia, realizou parceria com o CRAS Municipal em evento com palestras e atividades educativas, realizou momento cívico com os educandos, além de realizar produção de cartazes, filmes e vídeos sobre o tema nas aulas de Protagonismo e Projeto de Vida. 

João Pessoa (PB)

O Centro Social de Educação e Cultura Flor de Mandacaru, em João Pessoa (PB), realizou atividades como exposições nos murais, caminhada pelo bairro com educandos e famílias; reuniões externas com redes locais, com participação de alguns adolescentes; e participação na “Rede nos Trilhos”, ação com distribuição de material educativo e de conscientização da população nos pontos de parada da linha férrea.

Família Acolhedora – Vitória (ES)

O Serviço Família Acolhedora Vitória promoveu mobilização em praça pública, junto com os demais serviços da assistência social, saúde e educação presentes no território, com entrega de panfletos informativos, faixas, apresentação cultural com crianças, plantio simbólico de flores (símbolo do 18 de maio) e entrega broches de flores amarelas confeccionadas com EVA.

Manaus (AM)

O Centro Social de Educação e Cultura Grande Vitória, de Manaus, promoveu atividades como exposição, quiz sobre o 18 de maio, concurso de desenho e de redação sobre o combate e o enfrentamento às violências contra crianças e adolescentes, rodas de conversa e mini-gincana. Além disso, os colaboradores participaram de um seminário estadual, e educandos, colaboradores e familiares estiveram em ato público em alusão à data.

Cariacica (ES)

O Centro Social de Educação e Cultura Casa Legal realizou o I Seminário da Política Interna de Proteção aos Direitos da Criança e do Adolescente, com o intuito de conscientizar toda equipe do Centro Social sobre as responsabilidades e o cuidado que deve ser dedicado aos atendidos, bem como levar aos atendidos informações de forma que eles consigam identificar violações e tenham conhecimento sobre a rede de proteção e cuidado, que pode ser acionada se necessário.

Fé e Alegria Recife (PE)

Entre as ações realizadas pelo Centro de Fé e Alegria em Recife (PE), estiveram formação pedagógica para a equipe, participação em caminhada junto com a rede de assistência do município, performance de sensibilização durante a abertura dos jogos internos do Colégio Liceu Nóbrega e encontro com as famílias. Até o fim do mês, o Centro fará ainda intervenções de conscientização, alerta e proteção para os jovens aprendizes atendidos pela Fundação e alunos do Colégio. 

Fé e Alegria Grajaú – São Paulo (SP)

O centro social de Fé e Alegria no Grajaú, na capital paulista, promoveu rodas de conversa, com os objetivos de refletir, mobilizar, sensibilizar e orientar nossas crianças e adolescentes. Os educandos também participaram de encontro com outros centros sociais no Parque Shangri-lá, no qual fizeram uma apresentação com fantoches, além de distribuir à comunidade panfletos sobre o tema. 

Ilhéus (BA)

Este mês, as atividades em sala do Centro Social Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus (BA), estão direcionadas para o combate ao abuso de à exploração sexual de crianças e adolescente, como forma de prevenção e conscientização. Entre elas, estão rodas de conversa, ações de sensibilização e caminhada em praça pública. 

Natal (RN)

No Centro de Desenvolvimento Comunitário Boa Esperança, os destaques foram roda de conversa e campanha de conscientização na rua, com apresentação musical e panfletagem.

Vazantes – Aracoiaba (CE)

O Centro de Desenvolvimento Comunitário de Vazantes, em Aracoiaba (CE) promoveu formação com a equipe do CREAS / CRAS, concurso de desenho e rodas de conversa com as famílias e com as crianças, jovens e adolescentes. 

Montes Claros (MG)

No Centro Social de Educação e Cultura São Luiz Gonzaga, em Montes Claros (MG), a temática foi trabalhada em rodas de conversa, encontro educativo com as famílias e comunidade e atividades diversas para crianças e adolescentes, como dinâmicas e apresentações de dança.

Centro de vivência I

O Centro de Vivência I, em Vitória (ES), realizou mobilização em uma feira da cidade, junto com a rede de serviços socioassistenciais locais.

Fé e Alegria Santa Luzia MG | CEI Palmital

Para conscientizar a ajudar as crianças a reconhecerem sinais de perigo e procurar ajuda quando necessário, o CEI Palmital em Santa Luzia (MG), relizou atividades diversas, como exibição de vídeo, música, jogos e desenhos e pinturas.

Escritório de Empreendedorismo

A equipe do Escritório de Empreendedorismo, em Boa Vista (RR), reliazou palestra seguida de roda de conversa.  

Casa de Passagem José María Vélaz

Na Casa de Passagem José María Vélaz, o tema também foi tratado por meio de roda de conversa. 

CEI Taipas – São Paulo (SP)

No Centro de Educação Infantil Taipas, na capital paulista, foi realizada passeata interna, com o objetivo de conscientizar as crianças de forma lúdica.

Fé e Alegria Cuiabá MT | CEI Rosa Maluf

No CEI Rosa Maluf, foram realizadas atividades focadas em orientações sobre o cuidado com o corpo, proteção, consentimento e respeito, além da abertura de um canal entre as crianças e a equipe para que se sintam seguras em relatar possíveis problemas.

Fé e Alegria Santa Luzia MG | Centro Social Palmital

No Centro Social Palmital, os educandos realizaram uma apresentação sobre o tema no CEI Palmital, bem como ações como panfletagem em escola local rodas de conversa e produção de cartazes informativos e de canais de denúncias para uso interno e distribuídos aos comércios locais.

Fé e Alegria Boa Vista RR |Centro Social Liberdade

O Centro Social Liberdade, em Boa Vista (RR) realizou rodas de conversa com as famílias e com as crianças, bem como atividades socioeducativas.

Denuncie!

Se você tiver suspeita ou conhecimento de alguma criança ou adolescente que esteja sofrendo violência, denuncie! Isso pode ajudar meninas e meninos que estejam em situação de risco. 

As denúncias podem ser feitas a qualquer uma dessas instituições:

– Conselho Tutelar da sua cidade;

– Disque 100 ou disque denúncia local;

– Delegacias especializadas ou comuns;

– Polícia Militar, Polícia Federal ou Polícia Rodoviária Federal;

– Número 190;

– Crimes na web: https://new.safernet.org.br/denuncie.

Compartilhe

Últimas notícias