home

Caminhada Jovem inicia comemorações dos dez anos do MAGIS Brasil

A Caminhada Jovem, parte das comemorações dos dez anos da Rede Inaciana de Juventude, ocorreu durante as festividades de São José de Anchieta. Em Anchieta (ES), saindo da Paróquia São Francisco Xavier, no bairro de Iriri, os participantes seguiram até o Santuário Nacional do Apóstolo e padroeiro do Brasil.

O evento, que contou com a presença de cerca de 400 jovens, jesuítas, consagradas e outros fiéis, incluiu música, oração e meditação. Nos oito quilômetros de caminhada, bandeiras da Rede Inaciana de Juventude foram hasteadas, marcando o início das celebrações dos dez anos do MAGIS Brasil.

A iniciativa também marcou o início da campanha provincial inter-redes, Ser + Com os Demais, enfatizando a importância da colaboração e da unidade.

Motivados pelo Jubileu da Esperança, anunciado pelo Papa Francisco para o Jubileu da Juventude de 2025, a organização da festa, baseada na Espiritualidade Inaciana, intitulou a I Caminhada Jovem de Peregrinos de Cristo, que visou incentivar a caminharem diariamente em direção a Jesus Cristo.

“É engraçado, porque parei para refletir que estava caminhando muito depressa durante a atividade. O ritmo da minha vida, que é muito acelerado, me fez ter essa atitude. Um padre jesuíta me chamou para conversar e, nesse diálogo, pude refletir muitas coisas da minha vida, inclusive sobre a minha própria caminhada e o valor que tenho dado às coisas”, disse o ex-aluno do Colégio Medianeira, de Curitiba (PR), Lucas Nichelle.

Ao chegar no Santuário Nacional de Anchieta, os jovens participaram do 9º dia da novena em honra ao padroeiro do país, presidida pelo secretário para Juventude e Vocações da Província dos Jesuítas no Brasil, Pe. Edson Tomé Pacheco, SJ. Na ocasião, o secretário para Colaboração, Fé e Espiritualidade da Província dos Jesuítas, Pe. Laércio de Lima, SJ, conduziu a homilia.

“A Missa me ajudou a rezar e a conhecer mais de São José de Anchieta. Nunca tinha parado para pensar além do que aprendi na escola sobre ele. Aqui, pude refletir sobre os desafios que ele, jovem, teve ao vir pra cá com 19 anos e enfrentar tudo que enfrentou”, afirmou a jovem do Espaço MAGIS Rio, Vera Mota.

Fonte: MAGIS Brasil

Compartilhe

Últimas notícias