home

III ONU Intercolegial reuniu estudantes de vários estados em Salvador 

Uma simulação de conferência da Organização das Nações Unidas (ONU), tratando de temas reais, a exemplo da dependência mundial do dólar e a expressividade global do Brics (bloco econômico formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul e outros), assim como tensões geopolíticas entre a Venezuela e a Guiana, além do papel do Conselho de Segurança da ONU visando assegurar a paz. Com um realismo que impressiona, o projeto ONU Intercolegial reuniu, de 11 a 14 de junho, no Colégio Antônio Vieira, em Salvador (BA), estudantes de 14 colégios que integram a Rede Jesuíta de Educação Básica (RJE). Na simulação, os jovens assumem o papel de secretários-gerais, além de delegados de conselhos da ONU, representando os países nos debates e definições das Nações Unidas.

“Como cidadãos globais, a simulação das Nações Unidas nos relembra sobre a importância do diálogo e da cooperação nacional e internacional em contextos cada vez mais sombrios e dicotômicos. É possível encontrar soluções comuns para problemas que hoje enfrentamos. Vocês, como futuros líderes, têm a responsabilidade de levar adiante esses valores. Penso que a cidadania global não seja apenas um conceito; é uma prática diária de responsabilidade e ação para o melhor. Lembrem-se, cada um de vocês têm o poder de fazer a diferença, seja em suas comunidades locais, seja em um contexto mais global”, destacou o diretor da RJE, professor Fernando Guidini, na cerimônia de encerramento.

O Colégio Santo Inácio, em Fortaleza (CE), será a próxima unidade educativa da Rede a sediar a IV ONU Intercolegial, em 2026.

Compartilhe

Últimas notícias